A Queda do Homem

Artigo exibido: 3420 vezes

O Homem Inocente e o Teste
A Bíblia nos ensina que Deus criou Adão e Eva inocentes, isto é sem pecado. Foram criados à imagem e semelhança de Deus (Gn 1:26-27), e portanto com direito de escolher, por isso teriam que ser provados. Então Deus lhes disse: “De toda a árvore do jardim podereis comer livremente; mas da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres certamente morrerás”. (Gn 2:16-17). Observe como o Senhor plantou essas árvores no jardim: “... e fez brotar da terra toda a qualidade de árvores... bem como a Árvore da Vida no meio do jardim e a Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal”. (Gn 2:8-9). A Árvore da Vida e a do Conhecimento do Bem e do Mal foram plantadas no meio do jardim. Elas ficavam bem à vista deles. Deus queria que eles comessem da Árvore da Vida, para que a vida de Deus entrasse no espírito deles. Mas eles desobedeceram e comeram da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal.

As Conseqüências da Desobediência
Adão e Eva foram expulsos do Paraíso; perderam a comunhão com Deus (Gn 3:24). O Senhor havia dito que se eles comessem do fruto da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal eles morreriam. Mas Adão e Eva não morreram; Adão viveu 930 anos (Gn 5:5). O que morreu nele foi o seu espírito e como o espírito nos foi dado para termos comunhão com Deus, Adão perdeu essa capacidade e a transmitiu aos seus descendentes. “Adão viveu cento e trinta anos e gerou um filho à sua semelhança conforme a sua imagem”. (Gn 5:3). Ele foi criado à imagem e semelhança de Deus (Gn 1:26) mas seu filho trouxe a sua imagem e não a de Deus. A raça humana toda veio de um só homem (Adão): “Deus... de um só fez todas as raças dos homens” (At 17:26a), e “por meio de um homem (Adão) entrou o pecado no mundo e por meio do pecado a morte; assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram” (Rm 5:12). A morte prova que todos pecaram, pois “o salário do pecado é a morte” (Rm 6:23). Quando geramos um filho, ele não tem mais a imagem de Deus, como disse Paulo: “E assim como trouxemos a imagem do terreno” (I Co 15:49a). O terreno é Adão em contraste com o celestial que é Cristo. O ser humano nasce “em iniqüidade” e é “concebido em pecado por sua mãe” (Sl 51:5). Isto é, o pecado que entrou no primeiro homem, Adão, é transmitido a todos os seus descendentes. Como o salário do pecado é a morte, “em Adão todos morrem”(I Co 15:22).

Morte Física, Espiritual e Eterna
A morte física é a separação do espírito e alma do corpo; a morte espiritual é a separação entre o espírito humano e Deus; a morte eterna é a separação para sempre do homem de Deus. Se não fosse assim, como poderíamos entender estas palavras de Jesus: “Segue-me e deixa os mortos sepultar os seus próprios mortos” (Mt 8:22)? Quem sepulta um morto são os vivos, não é mesmo? Mas Jesus esta se referindo aos mortos físicos. A maior parte das pessoas vai nascer uma só vez (fisicamente) e morrer em três aspectos:
1º a morte espiritual que recebe ao ser gerado por pais pecadores,
2º a morte física e
3º no final a morte eterna.

Uma parte menor vai nascer duas vezes:
1º nascimento físico e
2º nascimento espiritual,
e morrer duas vezes:
1º a morte espiritual ao nascer de seus pais e
2º a morte física.

Uma parte menor ainda vai nascer:
1º fisicamente e
2º espiritualmente, mas não vai passar pela morte física, pois será arrebatada pelo Senhor Jesus antes de passar pela morte.

O que é o Novo Nascimento?
É obra do Espírito Santo no espírito do homem que está morto para Deus. Nosso corpo é para termos consciência do mundo material; a alma é a nossa personalidade, e nosso Eu; e o espírito para termos comunhão com Deus. “Deus é Espírito e importa que os Seus adoradores O adorem em espírito e em verdade” (Jo 4:24). Ora, se o espírito do homem está morto por causa do pecado, a primeira coisa a ser feita é dar vida a esse espírito. É isso o que acontece quando nascemos de novo, convertemos, aceitamos, aceitamos a Jesus, nos tornamos crentes etc. João diz “Mas a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de se tornarem filhos de Deus, a saber, os que crêem no Seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus” (Jo 1:12-13). Nos tornamos filhos de Deus recebendo a Jesus, crendo no Seu nome e nascendo de Deus. Foi isso que Jesus disse a Nicodemos. “Se alguém não nascer de novo não pode ver o reino de Deus” (Jo 3:3). Nascer de novo no grego é nascer de cima, isto é, de Deus. Não é o nascimento da carne, do sangue, da vontade do homem. Ezequiel diz que Deus coloca “dentro de vós um espírito novo” (Ez 36:26) e Paulo esclarece dizendo que “o próprio Espírito de Deus dá testemunho com o nosso espírito que somo filhos de Deus” (Rm 8:16).

Conversão: Arrependimento e Fé
O novo nascimento ou regeneração é a obra de Deus no espírito do homem. A conversão é dupla: voltar de e voltar para, que é o arrependimento e a fé.
O arrependimento é rejeitar (negativo)
e a fé é afirmar (positivo);
o arrependimento olha para dentro (negativo)
a fé olha para cima (positivo);
o arrependimento contempla nossa miséria (negativo)
e a fé contempla o nosso Salvado (positivo).

Arrependimento
Abrange uma ação tríplice:
no entendimento (conhecimento do pecado);
nos sentimentos (dor e tristeza pelo pecado);
na vontade (mudança de mente, novo comportamento). No arrependimento alguém entende o que é pecado, lamenta pela vida errada e rejeita os próprios meios de salvação.


Também tem três aspectos:
no entendimento (convicção da redenção completa);
nos sentimentos (descanso tranqüilo no amor salvador);
na vontade (devoção ao seu salvador).

Assim, a fé é a mão que segura a mão de Deus. Não se trata de sentimentos, de atormentar a si mesmo, nem de pagar pela culpa, mas de um relacionamento pessoal com Cristo, uma aceitação consciente da Sua graça. O arrependimento é a fome; a fé a boca aberta e Cristo o alimento vivo.

Autor: Delcio Meireles


Saiba mais...
A Escolha que Confrontou Adão
A Queda do Homem
Evangelho - A Boa Nova
Há um Deus?
Justificação
Não Estou Salvo!
Nascer de Novo
O Caminho que Funciona
O Evangelho: Crer e Obedecer
O Homem Certo Ao Nosso Lado
O Medo de Crer
Sete Evidências do Novo Nascimento
Um Deus Justo e Salvador
Você é da Família de Adão ou da Família de Cristo?