Tempo para Rir

Artigo exibido: 3123 vezes

O salmista afirma que Deus habita nos céus e ri (Sl 2.4), e o autor de Provérbios retrata a “mulher forte” como aquela que se regozija (lit. “ri”) a respeito dos dias futuros (Pv 31.25). A vida, às vezes, é difícil, e surgem momentos que precisamos desesperadamente de uma mudança. O riso é um dos meios que o Criador nos deu para trocar de marcha e entremear a monotonia com alegria. O humor é um desvio da “estrada da vida” terrena. O riso é uma receita simples e barata para curar algumas enfermidades e o tédio da vida (Pv 17.22). Os médicos creditam propriedades curativas ao humor, principalmente em casos de doenças emocionais, como a depressão. É certo que o humor desfaz tensões e traz tranqüilidade.

Com tantas tragédias na vida, optar pelo humor em lugar do desespero é um bom conselho bíblico. O humor, geralmente, envolve a aceitação dos altos e baixos da vida e a determinação de não nos levarmos muito a serio. Para combater o estresse, aliviar a tensão e até proporcionar distração agradável em meio a tribulações e sofrimentos, riso e o senso de humor aguçado são bens preciosos.

Jesus mesmo era imprevisível, mordaz e espirituoso em suas respostas. Ele usava ironia, jogos de palavras e hipérboles para transmitir as Suas mensagens (veja Mt 22.15-22, em que Jesus, com inteligência, escapa da armadilha dos fariseus e desmascara a hipocrisia deles). Jesus pede a um fariseu uma moeda com a efígie e a inscrição de César, na qual se declarava que César era deus, sabendo que possuir uma moeda daquelas infringiria dois mandamentos (Ex 20.3-4).

Ao final da estrada da vida, algum dia, todos nós, provavelmente, chegaremos ao mesmo lugar, mas os que derem boas risadas ao longo do caminho desfrutarão melhor a jornada e chegarão mais revigorados.

Autora: Anne Graham Lotz
Extraído da Bíblia da Mulher

PSD 21072010