Tarde Demais!

Artigo exibido: 3363 vezes

Meu coração não aspira as alegrias do reino:
Joguei fora esta esperança,
Viví para o ego, para o tempo, para vã ostentação;
E agora, ai de mim, devo indenizar meu erro
'Apenas salvo, como que pelo fogo'!

Eu sabia que haveria de ser assim,
Eu sabia que os que sofrem e levam Suas dores,
Reinariam com Ele em Seu reino terreno;
Que apenas os fiéis ganhariam o reino
Onde alegrias fluem para sempre.

Como meu espírito geme,
Quando agora vejo os coroados marchando,
Sabendo que no meio desse grupo eu deveria estar,
Coroado com os santos vitoriosos, entre os querubins;
Mas agora, choro e lamento.

É tarde demais, eu imagino,
Cristo Se foi para sentar no trono de Davi;
Ao Seu redor estão reunidos todos que Lhe são dignos,
Enquanto que eu fico excluído sem a coroa.

Autor: R.E. Neighbour


Saiba mais...
Tarde Demais!