A Importância da Reunião de Oração

Artigo exibido: 3950 vezes

No capítulo 18 de Mateus no versículo 18 o Senhor diz: 'Tudo o que amarrardes na terra, terá sido amarrado no céu, e tudo o que soltardes na terra terá sido solto no céu'. A que Ele se dirige aqui? À igreja, porque o versículo 17 menciona a igreja, e o versículo 18 é uma continuação do 17. Tudo o que a igreja amarrar na terra, terá sido amarrado no céu, e tudo o que a igreja soltar na terra, terá sido solto no céu. Esse é um princípio importante: Deus hoje trabalha por meio da igreja. Deus não pode fazer coisa alguma à vontade; Ele tem de fazer tudo por meio da igreja. Se não for por meio da igreja, Deus nada pode fazer. Irmãos, esse é um princípio muito sério. Deus, hoje, nada pode fazer por Si próprio. Além da Sua vontade há uma livre vontade. Se esta última não cooperar com Ele, Ele nada poderá fazer. A intensidade de poder que a igreja tem expressa a intensidade de poder que Deus tem, porque Seu poder é expresso pela igreja. Deus colocou-Se na igreja. A altura e extensão que a igreja alcança é a altura e extensão que o poder de Deus alcança. Se o poder da igreja é pequeno e restrito, Deus não pode expressar quão elevado e extenso é Seu poder. O reservatório do Departamento de Águas pode ser grande, mas se você tiver apenas uma torneirinha em sua casa, a grande quantidade de água não fluirá. Se quiser mais água em sua casa, você precisa instalar um cano mais grosso. A capacidade da igreja hoje determina a intensidade com que o poder de Deus é expresso.

Orando em Todo o Tempo
Com toda oração e súplica, orando em todo o tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos.
(Ef 6:18)
Depois de entendermos a importância da oração e consagrar-nos para servir e trabalhar em oração, os ataques de Satanás virão sobre nós, um após o outro. Sentiremos que não conseguimos achar tempo para orar. Quando temos a intenção de orar, alguém bate à nossa porta ou vem pela porta dos fundos; os adultos começam a discutir ou as crianças, a perturbar. Alguém fica doente ou alguém sofre um acidente. Antes de decidirmos orar, tudo estava em paz. Quando desejamos reservar um tempo específico para oração, muitas coisas imediatamente começarão a acontecer conosco, uma após a outra. Muitas coisas inesperadas e imprevisíveis cairão sobre nós como um exército em uma emboscada. Inúmeros problemas surgirão para nos impedir de orar. Muitas coisas se colocarão em nosso caminho para tentar adiar o momento de oração. Será que todas essas coisas acontecem acidentalmente? Não, elas não acontecem por acaso. Essa é uma estratégia planejada e preparada por Satanás para nos impedir de orar. Ele pode nos encorajar a fazer muitas coisas, mas tentará eliminar nosso tempo de oração. Ele sabe que, se o trabalho espiritual não for edificado sobre o fundamento de oração, este não terá muito valor e seu resultado final será um fracasso. Portanto, sua estratégia é fazer que fiquemos ocupados com outras coisas e negligenciamos a oração. Ocupamo-nos na obra, em visitas, em prover hospedagem e em preparar mensagens. Estamos ocupados de manhã à noite a tal ponto que a oração fica de lado e não temos muito tempo para orar.

Deixem-me citar novamente as palavras do irmão que conhecia profundamente o Senhor:
Quando os filhos de Israel planejaram deixar o Egito, a reação do Faraó foi aumentar o trabalho deles. O objetivo do Faraó era fazer que eles prestassem mais atenção, até mesmo toda a atenção, ao seu trabalho para que não tivessem tempo de pensar em deixar o Egito. Depois que você toma a decisão ou faz planos para ter uma vida de oração mais rica, Satanás começa uma nova estratégia; ele fará que você fique mais ocupado e amontoará trabalhos e necessidades sobre você para que você não tenha tempo nem oportunidade de orar.

A Intercessão dos Membros
Muitos temos experiência de que, quando estamos secos e não temos como prosseguir, precisamos que outros irmãos intercedam por nós para que superemos o problema. Uma vez fiquei enfermo por cento e setenta e seis dias. Eu orava diariamente pela enfermidade, mas não funcionou. Quando me cansei, pedi a um irmão que eu não considerava tão especial que orasse por mim. Surpreendentemente, recebi ajuda de sua intercessão e minha condição melhorou em pouco tempo. O irmão Holz é conhecido por sua vida de oração. Quando era missionário na China, ele sempre pedia a um jovem que orasse com ele. Mesmo que o jovem não tivesse com ele. Irmãos, lembrem-se que isso é o suprimento do Corpo. O suprimento do Corpo de Cristo é uma realidade. Vocês não conseguem vencer em muitas coisas, a despeito de seu esforço. Mas, uma vez que entreguem a questão ao Corpo, o problema é resolvido. Isso é o suprimento do Corpo de Cristo.

Depois de 1930, muitos lugares na China experimentaram o derramamento do Espírito Santo, especialmente nas proximidades da Província de Xantum. Naquela época eu já era salvo havia dez anos. Eu desejava o derramamento, mas não conseguia experimentá-lo. Mais tarde, fui para Chefoo e pedi aos irmãos dali que orassem por mim. Pouco depois recebi a derramamento do Espírito. Havia um irmão na Inglaterra que conhecia a vitória de Cristo, mas não conseguia vencer determinado pecado. Alguns irmãos e eu oramos por ele, e ele venceu. Posso mencionar dezenas de exemplos que mostram o efeito da intercessão do Corpo. A oração do Corpo supre vida aos membros necessitados. Deus dispensa o suprimento de vida a Seus membros mediante muitos outros membros. Se o dedo da mão quer o suprimento do sangue, ele tem de recebê-lo através do ombro e do braço. Igualmente, como membros do Corpo, recebemos os suprimentos por meio dos outros. Portanto, é tolice tentar separar-nos dos outros membros.

Autor: Watchman Nee
Extraído do livro 'O Mistério de Cristo' do irmão Watchman Nee da Editora Árvore da Vida


Saiba mais...
A Cruz na Oração
A Importância da Reunião de Oração
A Oração Simples
A Porta Fechada - A Sós com Deus
As Orações nos Estabelece
Escolhas e Conflitos na Oração
Mateus 16 e as Autoridades Religiosas
Não me abandone, Ó Senhor
O Senhor Deus Onipotente Reina
Orar até Orar de Verdade é o Desafio do Cristão
Um Grande Mistério